terça-feira, 23 de novembro de 2010

Não sei

Tô meio aérea, meio por fora de mim. Não me vejo de perto e muito menos de longe. Sabe quando você tem a sensação que não existe ? Ou que é mentira ? Um vento passou imperceptível por entre a calmaria de todos os fatos que se sucedem e levou a firmeza que até então eu carregava há um bom tempo sobre mim. Não tenho mais comida preferedia, nem música. Não sei se prefiro sair ou ficar em casa. Nunca fui tão plural. Felicidade cansa? Sou masoquista ao ponto de pensar que sim. O coração e a alma volta e meia precisam de um baque, reviravolta, indignação. Por mais que eu tenha problemas, que eu discuta comigo e com os outros infindamente todos os dias, tenho certezas demais que me trouxeram dúvidas intensas. Talvez a dualidade que sempre me pertenceu não se adaptou à estabilidade de um alguém severamente constante. Ou talvez eu só esteja com receio de grandes mudanças. Sentir medo é duvidar de sonhos e propostas de felicidade, mas só quem aterrisa os pés no chão por um momento tem coragem de duvidar.

16 comentários:

  1. Nossa que bonito.

    achei super legal a delicadeza mais profundidade de suas palavras

    Acho que não ter duvidas é simplesmente não existir,não ser,não querer,não viver...bjks

    ResponderExcluir
  2. É bom não viver apenas em um mundo idealizado... viver é bem melhor! Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Continue aérea... Pra que por os pés no chão? Rs. O chão não te mostra nada além dele mesmo. Há muita coisa aqui em cima, fiquemos aqui. Do alto se vê o céu e o chão (um bom panorama do chão). Bjao.

    ResponderExcluir
  5. "só quem aterrisa os pés no chão por um momento tem coragem de duvidar"
    Nunca tinha parado pra pensar nisso, mas o pior é que é uma puta verdade!
    Adorei Malú ;*

    ResponderExcluir
  6. Lindo querida... precisamos estar com os pés no chão se quizermos viver nesse mundo real.
    Beijos;

    ResponderExcluir
  7. Tem um selo pra você no meu blog querida.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. blog brutal!
    passa pelo meu e vê se curtes :)
    se houver algo que não gostes diz, conselhos são mais do que bem-vindos!
    queres seguir-me? :D é que dava um jeitão! :D mesmo!
    continua ;)

    ResponderExcluir
  9. às vezes nos sentimos assim... mas faz parte da realidade ser meio fora dela...
    Achei muito bonito seu spaço.

    ResponderExcluir
  10. Engraçado, nao raramente me vejo assim também. Texto verdadeiríssimo.
    Parabéns!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. CARALHO Manu, que texto mais lindo sério.
    amei. *.*
    saudade cachorra!

    ResponderExcluir
  12. Passe pra de desejar uma boa quarta-feira.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Muito lindo seu texto .. Mais sinto em lhe informar que te plagiaram descaradamente ..Como eu odeio isso ,os inteligentes criam e os mediocres copiam e a mediocre da vez foii.....

    http://segredospraninguem.blogspot.com/

    parabens pelo blog bjos

    ResponderExcluir
  14. Nossa desculpa postei o link errado da plageadora é esse aqui .. http://tudoqueguardeipramim.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Vim para deixar um FELIZ NATAL e um grande ANO NOVO a ti e a todos aqueles que teu coração abriga.
    BOAS FESTAS!!!!

    ResponderExcluir
  16. Oiiee, amei o blog, seguindo segue ?
    www.justbabih21.blogspot.com, quero ver vc lá.
    beijos

    ResponderExcluir